Falou-se de União Europeia em Amares

    25 Maio, 2022 José Ricardo Sousa 170 Sem comentários

    O Europe Direct do Minho, do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), sedeado em Barcelos, esteve na Escola Secundária de Amares, em Amares, distrito de Braga, para a realização de uma ação informativa denominada por “Conhecer a Europa”, no dia 24 de maio, com o objetivo de dar a conhecer a União Europeia e a importância do projeto europeu na sociedade contemporânea.

    Esta atividade contou com a presença de várias dezenas de alunos. Durante a atividade, a União Europeia foi o principal assunto a ser abordado na apresentação, e onde os alunos tiveram a oportunidade de responder a alguma questões colocadas pelo técnico do projeto. No final, houve ainda tempo para discutir, em conjunto, algumas questões colocadas pelos alunos. Dar a conhecer as mais-valias da pertença à União Europeia, ao mesmo tempo que se pretende consciencializar os mais jovens para a importância de uma participação ativa e responsável dos cidadãos foram alguns dos objetivos desta ação informativa. Por conseguinte, também pretendemos demonstrar como o projeto europeu está presente no quotidiano dos cidadãos europeus.

    A ação informativa pretendeu levar o público a conhecer um pouco mais sobre o propósito da criação deste projeto europeu, os benefícios que advieram da entrada do nosso país na até então Comunidade Económica Europeia, e as várias mutações, alargamentos e desafios que o projeto europeu atravessou desde a sua criação até aos dias de hoje.

    A sessão contou com um publico bastante participativo e interativo, que aproveitou esta sessão para expressar as suas dúvidas, preocupações, e realçar os pontos positivos do projeto europeu. A plateia teve a oportunidade de lançar o seu contributo através de várias perguntas que foram sendo colocadas ao longo da atividade.

    Deste modo, os testemunhos dos presentes foram essenciais para fundamentar a importância da presença europeia na região sobre as mais variadas perspetivas, assim como quais os efeitos práticos de se viver numa União Europeia integrada e desenvolvida.